O Menino que Riscou o Carro

10-05-2011 08:52

O Menino que Riscou o Carro

O pai estava feliz da vida com o novo carro. Todos os dias perdia tempo, lavando e dando um brilho no veículo, que às vezes nem dava a devida atenção para a família.  Indiferente ao amor que o pai sentia pelo carro, o menino passou a brincar na garagem com um pequeno prego. Desavisado e inocente, o menino passou a riscar a lataria do automóvel.

Ao ver o carro riscado, o pai perguntou ao filho quem havia feito aquilo. O menino então confessou, pois temia ser castigado caso mentisse. Completamente tomado pela ira, o pai, fora de si, aplicou várias palmatoradas na mão direita do menino. Tamanha foi a surra, que o garoto chegou a ficar desacordado, e teve mão amputada devido à gangrena provocada pelo espancamento.

Ao sair do hospital e voltar para casa, o menino observou que o carro de seu pai já estava com a pintura toda reformada.  Inocente, a criança disse ao pai: “Fico feliz pelas raladuras na pintura do carro terem sumido. E minha mãozinha, quando vai nascer de novo?”
Só Deus é verdadeiramente capaz de perdoar erros grandes e pequenos que cometemos. Ele transforma corações verdadeiramente arrependidos.

 

(Autor desconhecido - Retirado do site: montesiao.pro.br)

* * *

Somente quando passamos por situações como esta, onde "riscamos alguns carros", e somos julgados, maltratados, ou até espacados, que percebemos o porque declaramos que somente Deus tem um AMOR INCONDICIONAL pelos seus filhos!

O ser humano é limitado. Perdoa não querendo perdoar. Talvez esse "riscar alguns carros", sejam nossos pecados ocultos, não confessados, que temos que confessa-los, mesmo com o medo de retalhações, e acusações. No texto, a criança confessa seu erro ao pai, pois acreditava que seu pai seria ponderado em seu castigo. Portanto, seja cauteloso, não se esconda, não tente "pintar os carros que você tem riscado"; confesse à quem pode lhe ajudar em oração e ação.

Eu me coloco a disposição de todos, para ouvir, aconselhar e direcionar nesta caminhada; somente quem "riscou algum carro,  e foi advertido, e perdoado", pode lhe ajudar, por isso me ponho de joelhos por cada um de vocês!

Que Deus fale melhor ao seu coração!

Rodrigo Carrilho Cruz